PROBLEMAS EMOCIONAIS EM CRIANÇAS COM DISTÚRBIO ESPECÍFICO DE LINGUAGEM

Padrão

materia_castigo

O atraso no aparecimento da fala e da linguagem oral pode ser o primeiro sinal de transtornos mais globais no desenvolvimento como o Autismo ou Deficiência Intelectual. No entanto, existem casos, nos quais, a criança é inteligente, esperta, ativa, compreende bem as situações, ouve bem, mas a fala e a linguagem não se desenvolvem de acordo com o esperado.

Nestes casos, podemos ter um Distúrbio Específico de Linguagem (DEL), que consiste em uma inabilidade específica para desenvolver a linguagem oral. Aparentemente, a criança demonstra todas as condições para falar, os pais já realizaram diversos exames, com resultados normais, mas a fala não se desenvolve adequadamente. As dificuldades observadas no DEL são variadas e dependem da gravidade do quadro.

> É comum encontrarmos dificuldades comportamentais em crianças que apresentam o Distúrbio Específico de Linguagem. As seguintes dificuldades são observadas:

– Ansiedade e insegurança;
– Dificuldades emocionais, com baixa auto-estima,
– Comportamento retraído e imaturo;
– Agressividade;
– Dificuldade de interação com outras crianças e na interação social em geral;
– Dificuldade para realizar as trocas comunicativas;
– Dificuldades de atenção e concentração;
Quanto mais grave o quadro de linguagem, mais evidentes serão as dificuldades emocionais e comportamentais. Algumas crianças podem até se isolar, não querer brincar com outras crianças, chorar muito para ir à escola. Pode acontecer também, destas crianças serem diagnosticadas com transtornos psiquiátricos, mas o importante é conseguir diferenciar e identificar o quanto que as dificuldades de linguagem estão prejudicando o desenvolvimento social e emocional da criança, que geralmente é esperta e consegue perceber suas próprias dificuldades.

“Mesmo entre os pediatras mais experientes, é comum que a consulta tenha como objetivo a doença e não a preocupação com questões básicas do desenvolvimento da criança, como a fala, que podem ser tão prejudiciais quanto qualquer outro problema de saúde”.

Imagine o quanto é angustiante você querer falar ou expressar alguma coisa e não conseguir.

Caso esteja passando por este problema com seu filho, procure o Fonoaudiólogo de preferência especializado em linguagem, ele estará atento à estas manifestações e irá analisá-las cuidadosamente.

FONTE DO BLOG : FONOAUDIÓLOGA AJUDA

Sobre danipeternel

A mãe mais felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz :) "Três coisas agradeço a Deus todos os dias de minha vida:o ter-me permitido o conhecimento de sua obra,o haver acendido a lâmpada da fé na minha treva material e o ter-me dado outra vida a esperar depois desta". (Frei Anselmo)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s