Desfralde: é verdade que os meninos deixam a fralda mais tarde?

Padrão

Image

Não existem dados científicos que comprovem, mas tanto pais quanto pediatras e educadores percebem que, sim, os meninos tendem a deixar a fralda mais tarde que as meninas. Além disso, a incidência de enurese noturna, o popular xixi na cama, também é mais comum neles (na proporção de dois meninos para uma menina). “Talvez a explicação esteja no fato de que o processo dependa, entre outros fatores, da maturidade psicológica da criança, algo que aconteceria antes no sexo feminino”, afirma Erika Arai Furusawa, nefrologista, médica-assistente da nefrologia pediátrica do Instituto da Criança, do Hospital das Clínicas, em São Paulo. Mas é claro que isso não é motivo de preocupação, então, nada de querer adiantar o processo. Até porque, se a criança deixar as fraldas antes da hora, ela pode ter mais chances de sofrer de enurese depois.

E como saber qual o momento certo para iniciar o desfralde? De acordo com a especialista, não existe uma idade ideal. “É a própria criança quem demonstra alguns sinais de que está preparada, como avisar que quer ou acabou de fazer xixi ou cocô”, explica. Outro exemplo é quando a fralda permanece seca entre uma troca e outra. Mas você pode, sim, ajudar o seu filho nesse processo. Saiba como:

– Como a criança aprende por imitação, leve-a junto quando você tiver de ir ao banheiro;

– O penico deve ficar no banheiro, assim ela vai entender que ali é o local correto de fazer xixi e cocô;

– Compre cuecas com motivos infantis, de preferência, do personagem preferido do seu filho;

– Posicione a criança no vaso sanitário ou penico após as refeições, pois sempre que o estômago se dilata, o intestino é estimulado a funcionar naturalmente pelo chamado reflexo gastrocólico;

– De preferência, inicie o desfralde no verão. Nessa estação, as roupas são mais leves e, portanto, fáceis de tirar na hora de ir ao banheiro;

– No início, ensine o seu filho a fazer xixi sentado. Isso porque ele pode não saber diferenciar a vontade de urinar ou fazer cocô, já que os músculos são próximos. Após alguns meses de treino, ele já pode fazer xixi em pé.

Mas lembre-se: o desfralde pode durar até seis meses (isso mesmo!), por isso, seja paciente. “Se perceber que não está dando certo, interrompa o processo e reincie dali dois ou três meses”, recomenda a pediatra. O controle total da micção e da eliminação das fezes só ocorre por volta dos 5 anos de idade – e é normal a criança deixar escapar o xixi ou o cocô vez ou outra até lá.

Quando o xixi na cama é doença

Toda criança vai fazer xixi na cama um dia. Isso só se torna realmente um problema se acontecer ainda por volta dos 7 anos e, no mínimo, duas vezes por semana por, pelo menos, dois meses ou três meses seguidos. As causas podem ser psicológicas (em geral, temporárias, como o nascimento de um irmãozinho), fisiológicas, como a deficiência do chamado hormônio antidiurético, assim como genéticas. Todas têm cura, mas é importante que o tratamento se inicie o quanto antes para não afetar a autoestima da criança.

Sobre danipeternel

A mãe mais felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz :) "Três coisas agradeço a Deus todos os dias de minha vida:o ter-me permitido o conhecimento de sua obra,o haver acendido a lâmpada da fé na minha treva material e o ter-me dado outra vida a esperar depois desta". (Frei Anselmo)

Uma resposta »

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s