Nota

Ao chegar em casa carregando um saco de fraldas, você olha para o seu filho e já o acha grandinho para usá-las. Daí surge a pergunta: será a hora de acostumá-lo a usar o banheiro?

Segundo os especialistas, existe todo um treinamento com a criança para que ela, aos poucos, deixe a fralda de lado. E esse aprendizado deve ser realizado, geralmente, por volta dos dois anos de idade.

Esse é um momento que requer muito cuidado e paciência e pular etapas desse treino pode ser muito prejudicial à maturidade fisiológica e psicológica do bebê, podendo acarretar problemas orgânicos, como fazer cocô nas calças, e emocionais, como baixa autoestima.

Portanto não se precipite, certo?

Naturalmente, seu filho começará a dar sinais de que a fralda está deixando-o desconfortável e passará a avisá-lo quando fizer suas necessidades nela. Eis a primeira prova de que ele está encaminhando-se para abandonar a fralda de vez. A segunda prova é o momento quando ele pede para ir ao banheiro e consegue ficar sentado sozinho de 5 a 10 minutos.

Mas os pais devem conter a ansiedade. Dados comprovam que as crianças que são apressadas aprendem, mas entre os cinco e sete anos perdem o controle novamente.  Diferente do que se imagina, fralda não é sinal de problema ou coisa feia. “O verdadeiro erro é tentar acelerar o processo, essa é uma das causas do famoso xixi na cama”, alerta o pediatra.

Durante o aprendizado da “ida ao banheiro”, ou da “revolta das fraldas”, o tradicional penico pode ser um amigão. Mas, atenção nas escolhas. “Os pequenos em forma de xícara não propõem estabilidade, opte pelas mini-privadas que são mais confortáveis, afinal de contas a hora do xixi deve ser um momento agradável”, recomenda Dr Cid.

Para que a companhia do penico não seja em vão, alguns truques que estimulam a vontade de fazer xixi podem ser úteis e motivo de diversão como abrir a torneira ou molhar as mãozinhas dos pequenos. Entretanto, se mesmo assim, a criança não fizer, não precisa brigar, tente novamente depois de alguns minutos.

A melhor época para iniciar o desfralde é o verão, considerando que, caso haja um escape, o calor torna as calças molhadas menos incômodas. No geral, recomenda-se tirar primeiro as fraldas diurnas para depois, por volta dos três anos, dar início ao processo do desfralde noturno. À noite, lembre de fazer a criança ir dormir com a bexiga já vazia. A hora de fazer xixi ocorre, geralmente, por volta de quatro horas depois da ingestão de algum líquido. Uma ideia é os pais se levantarem nesse período para levar o pequeno ao banheiro.

No geral, o processo de desfralde dura de dois a três meses. Os escapes são naturais, mas tendem a ir diminuindo conforme o amadurecimento. Demorar muito mais tempo do que isso pode significar o desinteresse da criança ou outro distúrbio emocional. Aí o acompanhamento do pediatra é essencial…Apresentando esses sinais, é hora de pôr em prática a retirada da fralda. Confira nossas dicas:

· Compre um penico e estimule a criança a explorá-lo;

· Quando a criança já estiver familiarizada com o objeto, coloque-o no banheiro e comece a deixá-la de calcinha ou cueca sentada nele;

· Nunca retarde a ida ao banheiro quando a criança pedir;

· Quando a criança já consegue dizer quando tem vontade de ir ao banheiro, a fralda diurna já pode ser retirada. Não se apresse, porém, em tirar a fralda noturna ainda;

· Ofereça o banheiro várias vezes ao dia;

· Experimente tirar a fralda noturna quando a criança começa a acordar seca e, antes de dormir, pergunte a ela: “Vamos tentar acordar com a fralda seca?”;

· Passando a fase do penico, mostre à criança como sentar-se no vaso, puxar a descarga e lavar as mãos;

· Ensine-a a chamar alguém sempre que precisar ir ao toalete;

· Deixe a porta do banheiro aberta para que a criança imite os mais velhos;

· Deixe revistas e gibis ao lado do penico ou vaso sanitário;

· Não puna ou castigue a criança caso ela faça xixi na cama. Lembre-se de que ela está em um processo de adaptação e que, entre os dois e os cinco anos de idade, ela não tem total controle esfincteriano e podem ocorrer acidentes;

· Evite oferecer muito líquido à noite e leve a criança ao banheiro antes de dormir.

A maioria das crianças abandona as fraldas até os quatro anos de idade. Mas isso pode variar de acordo com o histórico familiar, o tempo de dedicação dos pais nessa fase e o desenvolvimento fisiológico e emocional da criança.
Caso a criança com mais de cinco anos continue fazendo xixi na cama, procure a avaliação de um especialista, como o urologista ou nefrologista.

E não se esqueça de que, nesse momento, paciência e cumplicidade são essenciais para que o seu filho abandone a fralda de forma tranquila e sem traumas.

Image

O desfralde…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s